01/01/2019

O QUE VOU FAZER PARA AUMENTAR MEU RITMO DE LEITURA EM 2019

Imagem retirada do We Heart It

Olá, leitores! 
Como vocês sabem, os últimos anos não tem sido bons anos no quesito leitura pra mim. Em 2017 foi por causa dos milhares de problemas que tive de enfrentar e em 2018 foi porque decidi fazer faculdade. Aproveito a oportunidade para dar o comunicado oficial para vocês: estou cursando Direito no Centro Universitário Metodista Izabela Hendrix. Justificativa da falta de leitura (o que ocasiona falta de posts no blog) e comunicado dado, no post de hoje irei apresentar à vocês qual será a solução que encontrei para tentar aumentar o meu ritmo de leitura em 2019.

Algum tempo atrás eu fiz um post dando dicas para vocês lerem mais (cliquem aqui para acessar o post) e, apesar de não ter lido muito em 2018, eu pude perceber que me dou maravilhosamente bem com metas diárias, por elas me forçarem a ler mais. Pois bem, acredito que a primeira dica ficou muito clara: metas literárias diárias; como meu objetivo é somente ler mais, sem nenhuma quantidade específica de livros, resolvi que minha meta será de 25 páginas diárias por ser um número alcançável e tudo mais que vier será lucro.

A segunda maneira de aumentar mais meu ritmo de leitura será através do copinho de leituras. Acho que já comentei com vocês como ele funciona, eu escrevo o nome de todos os livros que estão na minha estante e ainda não li e coloco no copinho. Com a ajuda da meta literária diária, assim que eu finalizo uma leitura, seleciono outra leitura através do copinho. Esse copinho ajuda muito quando você não sabe qual livro ler, o que acontece com frequência comigo.

E essa é a minha meta para 2019; optei por não fazer uma meta literária de 50-100 livros porque os anos passados me mostraram que eu não consigo alcançá-las. Então, a meta será ler o quanto eu conseguir, sem me forçar a nada. E vocês, o que pretendem alcançar neste ano que está começando?

27/12/2018

EU ASSISTI "BIRD BOX" | RESENHA


Eu não estava planejando assistir Bird Box, tampouco estava ansiosa para seu lançamento na Netflix no dia 21 de dezembro, mas quando isso ocorreu surgiram milhares de posts anunciando e incentivando as pessoas a assistirem. E foi dessa forma que tive contato com o filme.

Eu li Caixa de Pássaros já tem um tempo, inclusive, tem resenha dele aqui no blog (clique aqui e confira) e não me lembrava de muitas cenas, mas arrisquei assistir mesmo assim e o resultado foi que valeu muito a pena. Recordei do sentimento que tive ao ler o livro (de medo, na maioria das vezes) e tive o mesmo sentimento ao assistir o filme, com a vantagem de saber qual seria o final.


Como eu já não me lembro mais de cenas que haviam no livro, não consigo fazer um comparativo para vocês, mas garanto que esse filme é bom e que passa a mesma sensação que o livro, pelo menos pra mim passou. Acredito também que quem deseja conhecer a história de Bird Box através do filme não irá se arrepender, tampouco ficará com a sensação de que falta alguma coisa.


A atuação de todo o elenco foi impecável e o resultado final foi um filme brilhante, que não te deixa o telespectador largar até chegar ao final. Eu gostei muito e indico à todos que estejam procurando um terror + suspense eletrizante.


Imagens retiradas do site AdoroCinema.

25/12/2018

Feliz Natal, leitores do Livro Apaixonado!

Imagem retirada do We Heart It.

Olá, leitores!
Sei que, novamente, me afastei do blog. Acredito até que dessa vez superei meus recordes e gostaria de me desculpar com vocês e dizer que nunca deixo de pensar no blog, muito pelo contrário, sempre penso que preciso arrumar tempo para me dedicar mais à ele. Não farei nenhuma promessa de me manter mais ativa nele no ano que vem porque, como viram, não consegui cumpri as promessas passadas. Tenham paciência e não desistam de mim! ♥

Desejo à todos um Feliz Natal e que a vida de vocês seja sempre coberta de bençãos!

30/08/2018

ENLOUQUECI! | Mega Maratona Literária de 6 meses #MML2018

Chamem o SAMU porque eu realmente enlouqueci!

Sim, mesmo com todas as minhas obrigações com meu trabalho, com a faculdade, com as atividades para entregar, com as provas que estão chegando, eu resolvi participar da MML 2018. Claro que não vou participar pra ler todos os livros encalhados da minha estante; meu maior objetivo nessa maratona é ler um pouco que seja.

E para mostrar que meu objetivo é realmente este, apresento à vocês a minha TBR:

  

Nada que possa surpreender vocês; apenas três livro, sendo um deles um pedido da professora da faculdade e os outros dois que já estavam em andamento. Mas é isso. 
Espero que tenham gostado e torçam por mim!

18/08/2018

Dicas para você conseguir ler mais

Olá, leitores!
Apesar de não estar conseguindo ler muito nesses últimos tempos, eu costumo seguir uma regrinha quando estou com o tempo livre. Regrinhas, estas, que me ajudam muito! E, como eu sempre digo, dica boa é dica compartilhada, resolvi apresentá-las à vocês.


1. Metas literárias diárias;
Eu sou muito competitiva, gosto de me desafiar a cumprir desafios insanos e faço isso quando estou lendo também. Quando tenho um tempo livre, me obrigo a ler várias páginas criando uma meta literária diária. Por exemplo, "hoje vou ler 100 páginas desse livro". Essa dica ajuda muito quem, assim como eu, é competitivo e adora metas.

2. Especificando um momento para a leitura;
Fixar um horário para a leitura também é muito importante para quem quer ler mais. Se você acha que o período da tarde é seu melhor momento, fixe este tempo somente para sua leitura. Além de programar suas leituras, você também programa seu dia-a-dia.

3. Seja determinado(a).
Saiba que para acabar com aquela pilha de livros não-lidos da estante basta ter foco e determinação. Na dica anterior eu falei pra vocês especificarem um tempo de leitura, mesmo que pequeno. Então, no momento que você escolheu, você precisa se dedicar à leitura. Nada de distrações. Foque na sua leitura!

16/08/2018

ADOROCINEMA, ME PATROCINA! | Filmes que estão no cinema e que eu quero assistir

Olá, fãs de filmes!

No post de hoje vou mostrar à vocês, como o próprio título já diz, os filmes que estão no cinema e que pretendo assistir. É uma garantia de que vou ao cinema assistir? Não, mas pelo menos vai ficar registrado aqui e, quando der, assistirei.

1. Christopher Robin - Um reencontro inesquecível;



Christopher Robin (Ewan McGregor) já não é mais aquele jovem garoto que adorava embarcar em aventuras ao lado de Ursinho Pooh e outros adoráveis animais no Bosque dos 100 Acres. Agora um homem de negócios, ele cresceu e perdeu o rumo de sua vida, mas seus amigos de infância decidem entrar no mundo real para ajudá-lo a se lembrar que aquele amável e divertido menino ainda existe em algum lugar.





Trailer legendado:

2. Hotel Transilvânia 3 - Férias Monstruosas;




Solitário e infeliz, buscando um novo amor na internet, Drácula é surpreendido com um presente da querida filha: férias em um cruzeiro. Inicialmente resistente à ideia, ele acaba engajado no passeio ao se encantar pela comandante, que, no entanto, esconde um segredo nada amigável.






Trailer:

3. Os Incríveis 2

Quando Helena Pêra é chamada para voltar a lutar contra o crime como a super-heroína Mulher-Elástica, cabe ao seu marido, Roberto, a tarefa de cuidar das crianças, especialmente o bebê Zezé. O que ele não esperava era que o caçula da família também tivesse superpoderes, que surgem sem qualquer controle.






Trailer:

São esses para o momento, pessoal. Acredito que vocês também estão ansiosos para assistir pelo menos um desses. E quem já assistiu, deixa nos comentários o que achou, se vale mesmo a pena. Também vale deixar nos comentários quais são os filmes que estão no cinema (ou estrearão) e que vocês querem assistir. Espero que tenham gostado do post! ♥

14/08/2018

QUE SAUDADE QUE EU TAVA DOS LIVROS! | Leituras do mês | Julho 2018

Olá leitores, tudo bem com vocês?
Aproveitando que eu estava de férias no mês de julho, resolvi colocar minhas leituras em dia. Foram apenas três livros finalizados e um concluído bem no início de agosto, mas como marcaram pelo tempo que passei sem ler, achei legal vir aqui mostrar para vocês. A resenha sai em breve, prometo, assim que surgir um tempo na faculdade. Ou talvez não saía nunca. Quem foi que disse que ser estudante era fácil?
Neste novo romance, David Levithan leva a criatividade a outro patamar. Seu protagonista, A, acorda todo dia em um corpo diferente. Não importa o lugar, o gênero ou a personalidade, A precisa se adaptar ao novo corpo, mesmo que só por um dia. Depois de 16 anos vivendo assim, A já aprendeu a seguir as próprias regras: nunca interferir, nem se envolver. Até que uma manhã acorda no corpo de Justin e conhece sua namorada, Rhiannon. A partir desse momento, todas as suas prioridades mudam, e, conforme se envolvem mais, lutando para se reencontrarem a cada 24 horas, A e Rhiannon precisam questionar tudo em nome do amor.


Quando sua melhor amiga, Meg, toma um frasco de veneno sozinha num quarto de motel, Cody fica chocada e arrasada. Ela e Meg compartilhavam tudo... Como podia não ter previsto aquilo, como não percebera nenhum sinal? A pedido dos pais de Meg, Cody viaja a Tacoma, onde a amiga fazia faculdade, para reunir seus pertences. Lá, acaba descobrindo muitas coisas que Meg não havia lhe contado. Conhece seus colegas de quarto, o tipo de pessoa com quem Cody nunca teria esbarrado em sua cidadezinha no fim do mundo. E conhece Ben McCallister, o guitarrista zombeteiro que se envolveu com Meg e tem os próprios segredos. Porém, sua maior descoberta ocorre quando recebe dos pais de Meg o notebook da melhor amiga. Vasculhando o computador, Cody dá de cara com um arquivo criptografado, impossível de abrir. Até que um colega nerd consegue desbloqueá-lo... E de repente tudo o que ela pensou que sabia sobre a morte de Meg é posto em dúvida. Eu Estive Aqui é Gayle Forman em sua melhor forma, uma história tensa, comovente e redentora que mostra que é possível seguir em frente mesmo diante de uma perda indescritível.

Um encontro entre duas famílias completamente diferentes vai afetar a vida de todos. Em Shaker Heights tudo é planejado: da localização das escolas à cor usada na pintura das casas. E ninguém se identifica mais com esse espírito organizado do que Elena Richardson. Mia Warren, uma artista solteira e enigmática, chega nessa bolha idílica com a filha adolescente e aluga uma casa que pertence aos Richardson. Em pouco tempo, as duas se tornam mais do que meras inquilinas: todos os quatro filhos da família Richardson se encantam com as novas moradoras de Shaker. Porém, Mia carrega um passado misterioso e um desprezo pelo status quo que ameaça desestruturar uma comunidade tão cuidadosamente ordenada. Eleito nos Estados Unidos um dos melhores livros de 2017 por veículos como Entertainment Weekly, The Guardian e The Washington Post, Pequenos Incêndios Por Toda Parte explora o peso dos segredos, a natureza da arte e o perigo de acreditar que simplesmente seguir as regras vai evitar todos os desastres.
Se vocês já leram/querem ler/conhecem alguém que já leu/já ouviram falar, deixem nos comentários. Adoro ler os comentários de vocês! ♥